PE: Pró-Criança faz apelo por mais ajuda

Veículo: Jornal do Commercio - PE
Compartilhe

Mais de dois meses após o incêndio que destruiu parte da sede do Movimento Pró-Criança, no bairro dos Coelhos, área central do Recife (PE), a entidade beneficente que há 21 anos vem transformando a vida de crianças e jovens carentes da Região Metropolitana do Recife ainda enfrenta dificuldades e precisa da ajuda da sociedade. Até agora, a instituição só conseguiu arrecadar cerca de R$ 400 mil, enquanto o prejuízo com o incêndio está avaliado em R$ 4,5 milhões. Com o andamento do projeto comprometido, a entidade faz um apelo a quem puder ajudar. O Movimento Pró-Criança atende aproximadamente 600 crianças e adolescentes, em situação de vulnerabilidade social. No local, são oferecidos cursos profissionalizantes, aulas de música, dança, judô, artes plásticas e outras atividades culturais. A iniciativa já beneficiou mais de 14 mil pessoas ao longo dessas duas décadas.

Temas deste texto: