Projeto agiliza teste do pezinho na PB

Veículo: Jornal da Paraíba - PB
Compartilhe

Um sistema que agiliza o processo entre a coleta da amostra e o diagnóstico pediátrico a partir do Teste do Pezinho está sendo aplicado como projeto-piloto na Paraíba. O objetivo é reduzir o tempo entre a coleta – realizada nos municípios – e a chegada da amostra ao Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen), que fica em João Pessoa, o que apressa o diagnóstico e o consequente tratamento. A Paraíba é um dos estados escolhidos pelo Ministério da Saúde para o projeto-piloto que começou em 13 de janeiro e será aplicado até 14 de março. A parceria também ocorre em Alagoas, Ceará, Pará, Pernambuco, Sergipe e Rio Grande do Sul. Para o projeto, o Lacen/PB recebeu dez mil envelopes, que são enviados às Gerências Regionais de Saúde para distribuição com os municípios. As amostras de sangue são enviadas via Sedex ao laboratório. Quando o resultado aponta alguma anormalidade, o laboratório entra em contato com os responsáveis pela coleta para que o bebê receba logo o atendimento adequado.

Temas deste texto: