RJ: Em vez de escolas prometidas, só campos de futebol

Veículo: Extra Online - RJ
Compartilhe

 

Quem passa por dois campos de futebol em Nova Iguaçu (RJ) não imagina que, nesses locais, deveriam existir duas escolas municipais. Pelo menos é o que estava previsto no contrato publicado no Diário Oficial do dia 27 de dezembro de 2011. O prazo para as obras era de 120 dias, que não foi cumprido. O Extra esteve nos dois endereços e constatou que os colégios, orçados juntos em mais de R$ 2,6 milhões, não ficaram prontos, sequer foram iniciados. Nos dois terrenos, não havia, na primeira quinzena de novembro, sinais de que ali seriam construídas duas escolas. A Prefeitura informou que um dos projetos não foi iniciado porque os moradores pediram para preservar o campo de futebol. Já a construção da outra escola teria sido interrompida porque a obra foi depredada e incendiada.

Temas deste texto: