RJ: Empresa investigada no STF fará merenda

Veículo: O Globo - RJ
Compartilhe

 

A Secretaria de Educação do Rio de Janeiro assinou anteontem (22) um contrato para terceirização do serviço de preparo e distribuição de merenda nas escolas com uma empresa que é alvo de um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), para apurar suspeita de superfaturamento no fornecimento de alimentos para os colégios municipais de São João de Meriti. A Home Bread foi contemplada com um lote que pode render R$ 19 milhões em um ano. O estado alega que "só pode alijar qualquer firma de uma licitação se ela tiver sido condenada, e a sentença transitada em julgado". “O ideal seria haver uma espécie de Lei da Ficha Limpa para processos licitatórios.Mas, se forem comprovadas irregularidades, providenciaremos a substituição da empresa”, afirmou o secretário de Educação, Wilson Risolia.

 

Temas deste texto: