RJ: Exploração sexual de adolescentes na Rocinha

Veículo: O Globo - RJ
Compartilhe

A Polícia Civil acabou com um esquema de exploração sexual comercial de adolescentes na Rocinha, no Rio de Janeiro (RJ), na quinta-feira passada, com a prisão do principal agenciador das jovens, o cabeleireiro Dhemian Alves Lopes. Durante 15 dias de escutas autorizadas pela Justiça, policiais da 15ª DP (Gávea) registraram mil ligações em que o cabeleireiro aparece negociando o programa de adolescentes de 15 a 17 anos, além de venda e compra de drogas. Infiltrado como um advogado espanhol, um produtor do Fantástico, da Rede Globo, passou uma semana na comunidade fazendo passeios turísticos para se aproximar do agenciador e apurar como funcionava o esquema de exploração sexual, que é exclusivamente destinado a estrangeiros. O programa chegava a custar até R$ 500.

 

Temas deste texto: