RJ: Justiça anula decisão que veta parto em casa

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

A Justiça Federal anulou, no início deste mês, as resoluções do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) de 2012 que proibiam os partos domiciliares no estado. No texto, a entidade previa a punição dos médicos que fizessem partos em casa e ainda impedia a entrada de parteiras e doulas nos partos hospitalares. Procurado pela Folha, o presidente do Cremerj, Sidnei Ferreira, afirmou que vai recorrer da decisão. Ele diz que o parto domiciliar é arriscado tanto para a saúde da mãe como para a do bebê.

Temas deste texto: