RJ: Justiça mantém suspensão da greve dos professores

Veículo: Diário de Pernambuco - PE
Compartilhe

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio manteve ontem (23) a liminar que obriga os professores da rede estadual, em greve há 50 dias, a voltarem ao trabalho, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 300 mil ao Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe). A decisão foi tomada durante a votação de um recurso interposto pelo sindicato da categoria, que foi negado. Os professores do estado estão em greve desde o dia 8 de agosto e deveriam ter retornado às salas de aula desde o dia 6 deste mês. O Sepe anunciou que vai recorrer amanhã (24) da decisão do colegiado do Órgão Especial da aplicação da multa diária de R$ 300 mil ao Sepe e do desconto dos dias parados dos professores faltosos.

Temas deste texto: