RJ: MP investiga material didático

Veículo: Jornal de Brasília - DF
Compartilhe

O Ministério Público do Rio de Janeiro instaurou um inquérito civil para apurar o uso indevido de material didático pela rede pública de ensino para promoção pessoal do prefeito Eduardo Paes e de seus aliados. A Secretaria Municipal de Educação tem 15 dias para encaminhar à 1a Promotoria de Tutela Coletiva da Educação um exemplar da apostila de matemática usada por alunos do 6o ano do ensino fundamental. Segundo a promotoria, o material faz referência ao resultado das últimas eleições para prefeito. O jogo Banco Imobiliário – edição Cidade Olímpica também é alvo dessa investigação. O órgão quer saber se o brinquedo foi desenvolvido como material de propaganda.

Temas deste texto: