RS: Greve de ônibus faz aulas serem suspensas

Veículo: A notícia foi publicada nos principais jornais do País - BR
Compartilhe

Devido à greve dos ônibus em Porto Alegre, que completou 15 dias nesta segunda-feira (10), a secretária municipal de Educação, Cleci Maria Jurach, determinou a suspensão das aulas nas 41 escolas da capital. Os pais das 5,4 mil crianças matriculadas na educação infantil foram orientados a não levar os filhos ao colégio, a partir desta segunda-feira (10). Mais de um milhão de pessoas são afetadas pela greve dos rodoviários. Nenhum ônibus saiu da garagem durante a manhã. Segundo a secretaria, a interrupção do atendimento foi motivada pelo fato de professores, monitores, estagiários e equipe de apoio (cozinheiras, técnicas em nutrição e pessoal responsável pela limpeza) não conseguirem chegar aos locais de trabalho. Para manter os serviços, retomados na última terça-feira (4), quando acabou o recesso escolar, os funcionários das escolas ratearam as despesas dos colegas que não podiam arcar com o preço das passagens de lotações e das vans escolares, que custa R$ 4. A passagem de ônibus é R$ 2,80.

Temas deste texto: