SC: Ensino médio e profissional será um dos focos na rede estadual

Veículo: Diário Catarinense - SC
Compartilhe

Um dos focos para o próximo ano na educação de Santa Catarina é tornar o ensino médio mais atrativo e focar nas demandas do mercado de trabalho. O balanço de 2014 e as metas para 2015 foram apresentadas nesta quinta-feira (11) pelo secretário estadual da Educação, Eduardo Deschamps. Um dos pontos mais preocupantes é a taxa de reprovação detectada no fim de 2013 dos alunos do 1º ano do ensino médio.  número saltou de 10% no ano anterior para 30%. Para Deschamps, uma das causas é o reflexo da aceleração de alunos repetentes nos últimos anos do ensino fundamental, iniciada em 2011. O desempenho gerou o Programa Novas Oportunidades e Aprendizagem (Pnoa) para tentar reduzir a taxa de reprovação. O Penoa envolve, desde maio, 16,7 mil alunos, do 3º ao 8º ano do ensino fundamental e 1º do médio, para reforçar matérias de Língua Portuguesa e Matemática aos alunos com dificuldades de leitura, produção textual e cálculo, oferecidos no contraturno das aulas. Pelo Programa de Fortalecimento do Ensino Médio, do governo federal, oito mil professores, que atuam em 80% das escolas estaduais, receberam capacitação.

Temas deste texto: