SC: Repensando a educação infantil

Veículo: Diário Catarinense - SC
Compartilhe

A intenção é uma só: promover a discussão sobre o atual modelo de educação infantil e buscar novos paradigmas, novos formatos para a escola que sejam mais democráticos e respeitem a natureza das crianças. Esse é o tema do documentário “Sementes do Nosso Quintal”, exibido ontem (9) na Mostra Infantil de Florianópolis com a presença da diretora, Fernanda Heinz Figueiredo. O mesmo tema guiou a produção do argentino “A Educação Proibida”, de German Doin, exibido na segunda também com a presença do diretor. Já Anderson Lima, que participa do evento com o curta “A Rua é Pública”, prepara para novembro o lançamento de “Quando Sinto que Já Sei”, registrando experiências educacionais alternativas no Brasil. Anderson aproveitou para conhecer German, com quem já mantinha contato e aprofundar a discussão sobre educação. Já Fernanda prepara a distribuição gratuita de três mil DVDs com seu longa, que também será disponibilizado no Youtube.

Temas deste texto: