SC: Seis mil alunos sem aulas

Veículo: Diário Catarinense - SC
Compartilhe

Faltando 18 dias para o encerramento do ano letivo em Santa Catarina, a falta de segurança levou a Justiça a determinar a interdição de seis escolas da rede estadual em Palhoça, na Grande Florianópolis. Cerca de seis mil alunos estão sem aulas e ainda não sabem até quando. O motivo da interdição, conforme o promotor da Infância e Juventude de Palhoça, Aurélio Giacomelli da Silva, é a falta de infraestrutura. Nenhuma das unidades conta com sistema preventivo para incêndios, extintores, luminárias de emergência e alvará sanitário. Em alguns casos, os botijões de gás estão em local inadequado e há vidros quebrados. O promotor destacou que a decisão da Justiça foi tomada com base em laudos dos Bombeiros. A Justiça estabeleceu que o estado deve comprovar o cumprimento das decisões em 30 dias, ou os titulares do governo do estado e as secretarias de Educação e de Desenvolvimento Regional terão de pagar multa diária de R$ 1,2 mil.

Temas deste texto: