SC: Trabalho infantil às claras

Veículo: A Tribuna - SC
Compartilhe

O trabalho, segundo as leis brasileiras, é permitido apenas a partir dos 14 anos, como aprendiz. Com 16 anos, o adolescente já pode trabalhar com a carteira assinada. Mas, esta não é a realidade de muitos adolescentes de Içara (SC). Com frequência, os conselheiros tutelares descobrem um novo local onde há crianças trabalhando. Além do trabalho na roça e nas olarias, outro local comum onde têm constatado o trabalho infantil são as lavações de veículos. "Sabemos que é um grande problema, mas felizmente, o número tem diminuído, graças à nossa fiscalização", afirma a conselheira Édna Borges. A equipe do jornal visitou uma dessas lavações e identificou pelo menos 10 meninos com idades entre 11 e 15 anos. Eles trabalham manhã e tarde e lavam dezenas de carros por dia.

Ministério Público – Segundo a conselheira Édna, em muitos casos são os pais das crianças que as mandam trabalhar. "Eles afirmam que enquanto os seus filhos trabalham não estão na rua ou não se envolvem com drogas", explica. O caso das lavações de carro em Içara é bastante conhecido pelo Conselho Tutelar do município. O Ministério Público já está a par da situação e agora vai averiguar a situação. "Esse tipo de situação não pode ocorrer. Vamos verificar e estudar as medidas cabíveis", afirma a promotora Maria Cláudia Tremel de Faria.

Temas deste texto: