Seis crianças morrem em piscinas por mês

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

A cada mês, seis crianças de até 14 anos morrem afogadas em atividades em piscinas no País, em média. Os dados são do Ministério da Saúde e foram tabulados pela ONG Criança Segura. Eles são referentes ao ano de 2010, últimos dados disponíveis. No ano, foram 76 mortes de crianças decorrentes de afogamentos em piscina. Em 2009 foram 87 mortes. Se considerados os afogamentos em geral, o número de mortes de crianças sobe para 1.184 (média de três por dia) – a maioria em "águas naturais", como mar e rio. Especialistas alertam que, mesmo quando estiverem usando boias, crianças devem ser supervisionadas. Lia Gonsales, coordenadora de mobilização da Criança Segura, diz que, apesar de não existir uma regulamentação, a ONG recomenda que haja ao menos um adulto cuidando de cada três crianças.

Temas deste texto: