Sexo sem dúvidas

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

Ainda há mitos que rondam a sexualidade dos jovens como nas gerações passadas. E hoje, é o excesso de informação e a ausência de orientação qualificada que dão espaço para novas crenças, segundo Aaron Carroll e Rachel Vreeman, professores de pediatria da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, que acabam de lançar o livro "Don't Put That in There!: And 69 Other Sex Myths Debunked" (algo como "Não Coloque Isso Naquilo e outros 69 mitos sobre sexo desvendados"). "Há mais conhecimento disponível, mas isso significa também que há mais informação errada", afirmou Rachel Vreeman. "Muitos preconceitos são ditos com roupagem científica na forma de regras", completou. O rapaz, se não está ejaculando como no filme pornô, já chega ao consultório dizendo que tem ejaculação precoce. E a moça ainda diz que quer evitar a pílula porque pode engordar. O que era verdade antes também pode acabar virando mito com os avanços da medicina. Hoje, os DIUs (dispositivos intrauterinos) modernos não causam infecções, ao contrário de um modelo do passado. E as pílulas, com doses baixas de hormônios, não favorecem o ganho de peso.

Temas deste texto: