SP: Campinas confirma 107 bebês com tuberculose

Veículo: DCI OnLine - SP
Compartilhe

A Secretaria de Saúde de Campinas (SP) anuncia hoje a conclusão de exames realizados em mais de mil crianças nascidas entre janeiro e junho de 2012, em uma das alas do Hospital e Maternidade Madre Theodora, que tiveram contato direto ou indireto com uma técnica em enfermagem com tuberculose. Os resultados apontam que pelo menos 107 bebês foram contaminados – incluindo os 3 primeiros recém-nascidos identificados na rede pública com a doença, que desencadearam as investigações. Do total de bebes contaminados com o bacilo de Koch, em Campinas, 17 desenvolveram a tuberculose e os outros 90 estão infectados, mas a doença não se manifestou – casos chamados de infecção latente. Nos dois casos, as crianças são tratadas com antibióticos, por seis meses.

Temas deste texto: