SP: Exploração sexual de adolescentes está mapeada na cidade

Veículo: Diário de S. Paulo - SP
Compartilhe

A cidade de São Paulo (SP) tem pelo menos quatro pontos vulneráveis à abordagem de adultos para práticas sexuais com crianças e adolescentes. Essa é a conclusão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal que apurou a exploração sexual infantil no município. De acordo com o relatório final da CPI, o entorno do Terminal de Cargas Fernão Dias, na Zona Norte, ruas próximas às obras do Itaquerão, na Zona Leste, a Ceagesp, na Oeste, e o chamado Autorama, no Ibirapuera, Zona Sul, são pontos onde ocorrem casos de exploração sexual de crianças e adolescentes na cidade. Na análise dos vereadores da comissão, que ouviram mais de 70 depoimentos, esses pontos mapeados oferecem situações de risco para essa faixa etária por terem intenso tráfego de cargas, por abrigarem hospedagem de adultos homens, por concentrarem numerosa população adulta masculina e por já serem tradicionais pontos de prostituição adulta.

Temas deste texto: