SP: Fundação Casa apura agressão em Araraquara

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

A Defensoria Pública de São Paulo ingressou com um pedido de ação indenizatória para quatro adolescentes supostamente agredidos por funcionários da Fundação Casa em Araraquara. Segundo o autor da ação, Matheus Bortoletto Raddi, os jovens relataram que foram agredidos por funcionários do local um dia antes de serem transferidos para Ribeirão Preto. Na véspera da viagem para Ribeirão, os internos foram algemados com as mãos para trás, colocados contra uma parede e agredidos com socos, golpes na cabeça, pontapés e joelhadas, de acordo com os relatos recebidos pela Defensoria. Funcionários das unidades de internação em Ribeirão notaram as escoriações e hematomas nos internos e acionaram a Polícia Civil, que elaborou um boletim de ocorrência. A Fundação informou que a Corregedoria-Geral da instituição vai apurar o caso.

Temas deste texto: