SP precisa criar 285 mil vagas de creche em seis anos

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

O estado de São Paulo precisa criar quase 285 mil vagas em creches até 2020 para cumprir as metas previstas no projeto do Plano Nacional de Educação (PNE), que tramita no Congresso há três anos. Segundo a proposta de lei, a taxa de atendimento de creches deverá ser de pelo menos 50% daqui a seis anos. A conclusão é de um estudo da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) divulgado nesta terça-feira (29). A taxa de atendimento das crianças de 0 a 3 anos no estado era de 33,3% em 2012, com cerca de 837mil matrículas. Para atingir a meta do PNE, o total deve chegar a 1,12 milhão. O estudo alerta, porém, que, se mantido o ritmo de crescimento observado entre 2009 e 2012, a quantidade de vagas criadas até o fim da década será de 761 mil, o que garante 71,2% de atendimento da demanda. Segundo a fundação, as creches públicas, de administração direta do governo ou por convênio, ainda respondem pela maior parte do atendimento (81,8%). O crescimento no período analisado foi maior na rede conveniada (71%) do que na administração direta (414%).

Temas deste texto: