SP: Sentenças judiciais exigindo creches aumentam 365%

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

Até o fim de agosto, 17.836 crianças conseguiram na Justiça uma vaga em creche ou pré-escola na cidade de São Paulo (SP) este ano. O número já é 47,7% maior do que todos os encaminhamentos por ordem judicial feitos para turmas no ano passado -12.071. Os dados preocupam a Prefeitura e os movimentos sociais, que temem que os processos aumentem a "fila paralela" na educação infantil. Em relação a 2011, a soma de matrículas na educação infantil por sentença cresceu 365%. Do total deste ano, 11.472 crianças foram encaminhadas a creches, dezeroa3 anos. Já para a pré-escola, de 4 e 5 anos, 6.364conquistaram a vaga desse modo. As ações individuais geralmente são movidas pela Defensoria Pública. Para o órgão, mais que atender a uma necessidade pontual, a estratégia pressiona a administração pública. "Além disso, a fatia que consegue na Justiça é muito pequena em comparação à demanda", diz o defensor Luiz Rascovski.

Temas deste texto: