SP: Universidades estaduais querem mais verba para instituir cotas

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

As universidades estaduais de São Paulo – USP, Unesp e Unicamp – querem que o governo do estado defina uma verba específica para financiar o programa de cotas. O governador Geraldo Alckmin vai anunciar amanhã (20) a proposta final que será avaliada pelos conselhos universitários de cada instituição. De acordo com o reitor da USP, João Grandino Rodas, o único “detalhe” que falta na definição da política de cotas é o orçamento. "Precisa de dinheiro, não é só trazer os alunos. Essa proposta (dos reitores) busca fazer com que todos possam ser acolhidos na universidade e tenham plena condição de seguir o curso", disse Rodas. A verba seria necessária para financiar a permanência estudantil, por meio de bolsas de auxílio moradia e alimentação, por exemplo, além da estruturação do curso de reforço para alunos de escolas públicas.

Temas deste texto: