Unicef faz um balanço da assistência a crianças e adolescentes no Maranhão

Veículo: O Estado do Maranhão - MA
Compartilhe

O Sacavém foi o bairro que apresentou a maior taxa de mortalidade neonatal (até um mês de vida) em São Luís (MA) no ano passado. Já a Cidade Olímpica foi o que apresentou a maior taxa de homicídios entre indivíduos de 10 a 19 anos em toda a capital. Dados como esses foram divulgados nesta quinta-feira (4) no Grand São Luís Hotel, no Centro, durante apresentação do balanço de atividades realizadas pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Maranhão e na Amazônia. Com escritório instalado em São Luís, o Unicef mantém parceria com diversos municípios do interior do Maranhão para certificação do Selo Unicef Município Aprovado e, com a capital, por meio da criação da Plataforma dos Centros Urbanos. Os dois projetos foram lançados em 2013 no Maranhão, com o levantamento de dados sobre as diversas áreas de assistência a criança e ao adolescente. Em 2016, os indicadores serão analisados novamente, para avaliar que conquistas foram alcançadas e os municípios que melhorarem esses níveis serão certificados.

Temas deste texto: