Infância e Juventude
2006
Análise da cobertura jornalística sobre promoção de saúde e direitos reprodutivos na adolescência. Inclui a voz dos jovens que participaram em grupos focais especialmente convocados para a pesquisa
Infância e Juventude
2005
A publicação apresenta a Rede Andi Brasil, que desde 2000, utiliza a comunicação como instrumento estratégico para o desenvolvimento humano sustentável
Infância e Juventude
2005
A pesquisa faz a análise quanti-qualitativa de 5.362 textos jornalísticos que abordam a Educação como tema central (3.976 textos) ou secundário (1.386 textos).
Infância e Juventude
2005
Resultados da análise do comportamento editorial de 60 jornais e dez revistas brasileiros em relação aos direitos da infância e da adolescência. Os textos foram publicados em 2003 e 2004.
Infância e Juventude
2005
Radiografia detalhada do comportamento editorial dos meios impressos diante dos Conselhos Tutelares, de Direitos e outros, que aponta um desafio: dar maior visibilidade a estes colegiados
Infância e Juventude
2005
Apresenta análise quanti-qualitativa do comportamento editorial de revistas e de suplementos de jornais dirigidos a adolescentes e jovens publicados em 2002, 2003 e 2004.
Infância e Juventude
2004
Resultado da análise de 10 programas de TV dirigidos a adolescentes, avançando no debate sobre questões como: O que é adolescência, o que significa TV de qualidade, os efeitos da mídia e outros temas
Infância e Juventude
2003
Memória da II Edição dos Prêmios Ibero-americanos de Comunicação e análise dos 931 trabalhos inscritos.
Infância e Juventude
2003
Análise especial sobre o tratamento dado pela imprensa ao cobrir ações educativas para crianças de 0-6 anos. Foco especial é dado às políticas públicas e a função pedagógica das creches e pré-escolas
Infância e Juventude
2003
No Brasil, quase meio milhão de crianças e adolescentes trabalham como domésticas. Um grande desafio é aprofundar o debate contribuindo para a implementação de políticas públicas mais abrangentes