Infância e Juventude
2013
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.
Infância e Juventude
2012
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.
Infância e Juventude
2011
Edição revisada do Guia, que teve sua primeira edição lançada em 2008, sintetiza algumas das principais dúvidas que surgem ao cobrir temas ligados à infância e juventude, sugere fontes e traz dicas.
Políticas de Comunicação
2011
A publicação apresenta importantes temas para estimular a reflexão em torno da regulamentação da mídia com foco nos direitos de crianças e adolescentes.
Infância e Juventude
2009
Oferece uma rápida compreensão da estrutura do sistema educacional, principais atores, fontes de financiamento e marcos regulatórios, bem como guia de fontes de qualificadas para abordar o tema.
Infância e Juventude
2009
Apresenta respostas às principais questões que surgem na cobertura de temas ligados direitos da infância e adolescência, bem como sugestão de fontes de informação e dicas para a hora da apuração.
Políticas de Comunicação
2009
Oferece uma perspectiva objetiva sobre como os direitos da infância e adolescência se relacionam com a comunicação. Em destaque, dez pontos que merecem a atenção prioritária da sociedade brasileira.
Inclusão e Sustentabilidade
2009
Apresenta análise da cobertura da mídia impressa brasileira e debate méritos e problemas de jornalistas e fontes de informação na construção don oticiário sobre dengue e febre amarela.
Infância e Juventude
2008
Oferece aos jornalistas uma relação com 50 fontes qualificadas sobre o tema. O objetivo é auxiliar na construção de um debate público que fortaleça controle social do investimento em educação.
Infância e Juventude
2007
Lançada em 2007, a publicação sistematiza as boas práticas do Programa de Comunicação para Erradicação das Piores Formas de Trabalho Infantil, executado pela ANDI em parceria com a OIT.