UNICEF e Flamengo capacitam profissionais do clube para garantir os direitos da infância

Compartilhe

Será realizada, no dia 25 de junho, uma oficina para fortalecer as medidas de proteção aos direitos de crianças e adolescentes que praticam esportes no clube e nas escolinhas de futebol ou participam de projetos sociais do Flamengo. O público prioritário são os educadores e técnicos do clube. A atividade começa às 10h, na sede do clube na Gávea, Rio de Janeiro, e contará com a participação da presidente do clube, Patrícia Amorim, e do representante do UNICEF no Brasil, Gary Stahl.

A capacitação abordará temas como legislação, formas de contribuir para o desenvolvimento pleno de meninas e meninos por meio do esporte seguro e inclusivo, prevenção de casos de abuso, exploração e violência.

No final da atividade, os participantes ajudarão a elaborar o código de conduta para os funcionários do Flamengo. O documento será finalizado com o apoio do UNICEF e ajudará a garantir que as crianças e os adolescentes sob os cuidados do clube tenham seus direitos protegidos.

Com a proximidade da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos/ Paraolímpicos em 2016, a ideia é que o Flamengo e o UNICEF possam influenciar diretamente as práticas atuais de clubes esportivos. O objetivo é fazer do esporte um meio mais engajado com a causa da infância e da adolescência.

Fontes:
 

Alexandre Amorim
Telefone: (61) 8166 1636
E-mail: [email protected]

Estela Caparelli
Telefone: (61) 3035 1963
E-mail: [email protected]

Assessoria de Comunicação do Flamengo
Bernardo Monteiro, Roberta Pinto, Alessandra Niskier e Renata Garavaglia Telefone: (21) 2159 0190
E-mail: [email protected]